Se pesca traíra,
Pesca farta, sombra e água fresca
Beirando a vasta paisagem verdeazul,
Nesgas de sol pelas frestas dos decks
Aquecem o tempo pendente na linha da vara.
Um incauto e curioso se chega:
Será lambari ou tucunaré,
traíra, tilápia ou tabarana?
Que peixe será que é?
Por todo lado, por todo o lago
Se apresentam.
Servidos ali ou levados pra casa
Limpos e frescos,
São refeição saborosa
Com a bênção das águas
Nutrido o corpo, nutrida a alma